Próximo Episódio...
6x05 - “Street Rats”
jorge postou isto no dia 18 de setembro de 2014.

feaghjjj

Do you want to build a snowman?

Qualquer um que conheça o filme da Disney Frozen está familiarizado com essa música, mas você pode imaginar Regina ou Hook de Once Upon a Time cantando com Elsa e Anna?

Bem, nós conseguimos fazer Josh Dallas cantar Let It Go durante a nossa cobertura da Comic Con San Diego – o episódio 1 da 4ª temporada de Once Upon a Time estará no ar em 28 de setembro, e já sabemos que Elsa, Anna, Kristoff e Hans estão indo para Storybrooke.

Como, exatamente, tudo isso vai funcionar?

Os criadores Adam Horowitz e Edward Kitsis recentemente me falaram um pouco do que eles têm planejado. E, embora essas caras novas terão um papel-chave daqui para frente, temos certeza de que a série não vai ignorar Rumbelle, Captain Swan, Outlaw Queen e os Charmings. Não tenham medo, OUAT Fanatics, vamos descobrir mais agora…

Quando Frozen chegou em suas mentes para o show? Foi quando viu o filme ou foi outra coisa tipo, “Hey, isso deve fazer parte de nosso show!”?

Eddy: Na verdade, foi uma espécie de evolução. Fomos ver o filme quando ele saiu, eu creio que foi em novembro passado, e nós imediatamente respondemos a ele. Sentimos como a temática e os personagens são inspiradores. Os fãs começaram a dizer: “Oh, não seria legal se tivéssemos Elsa no show ou Anna no show e nós podíamos fazer isso”. Todos os escritores viram o filme e então todos, enquanto escreviam outros episódios, falavam sobre o filme e como seria legal [ter na série]”

E então, de repente, era fevereiro, e estávamos perto do final, e todos nós tivemos muitas idéias e ainda estamos tão inspirados por esse filme que nós pensamos, “Bem, você sabe o quê? Por que não perguntar? O pior que podem dizer é não”, e todos nós assumimos que diriam que não. Então, nós ficamos tipo, “Tudo bem, pelo menos se eles disserem que não, não podemos parar de falar sobre isso.” E eles disseram que sim e nós dois estávamos animados e apavorados, mas isso é realmente o que aconteceu, e nós temos dito que isso é como uma fan fiction realmente cara. E nós estávamos tão apaixonados pelo filme e inspirados por ele que só queríamos trazer esses personagens para Storybrooke.

 

O que vocês podem dizer sobre Anna e Elsa em Storybrooke?

Adam: O que sabemos entrando na nova temporada é que de alguma forma Elsa acabou presa dentro de uma urna no castelo de Rumplestilskin. Então, esse é um dos mistérios que será desdobrado ao longo desses episódios. Assim, podemos ver como isso aconteceu, e em seguida, quando ela sai, é claro, vai ser um novo mistério, que é o que ela está fazendo e por que, e nós veremos isso muito rapidamente.

 

Em termos de onde o filme termina e quando elas aparecem em Once Upon a Time, é seguro dizer que o filme se passa antes do tempo em Storybrooke?

Adam: Sim, esses eventos ocorrem, na maioria das vezes, após os eventos do filme. Há o elemento do flashback, então há um pouco de viagem no tempo, mas os personagens, como quando trazemos Elsa para Storybrooke, vemos o seu pós-filme.

 

Eu não posso imaginar que exista alguém que não tenha visto Frozen ainda, mas apenas no caso de haver alguém que não tenha, eles vão ser capazes de seguir a história?

Adam: Nós esperamos que sim. Nós projetamos a história para ser bastante auto-suficiente no sentido de que você aprende sobre Anna e Elsa e quem elas são e quem elas são na história do nosso show. Se você é, como eu tenho certeza que todo mundo é, um fã do filme Frozen, há muitos “acenos” para o filme do começo ao fim.

Eddy: Mas se você nunca viu Frozen, no verdadeiro estilo Once, vamos apresentar esses personagens e mostrar o que faz esta relação na primeira parte da temporada.

 

Podemos dizer que, visto que já fizeram isso no passado, vocês colocaram características próprias nos personagens?

Adam: Nós estamos tentando manter-se fiel aos personagens. Este não é um caso de pegar personagens de 80 anos de idade, de uma outra época, e tentar atualizá-los. Estes personagens são contemporâneos… e o ponto para nós não é tanto os personagens, mas a forma como eles se encaixam em nosso mundo.

Eddy: Para nós, não é muito tipo “oh, você sabe, o que nós fizemos com Peter Pan”. Para nós, o que nós amamos sobre Anna é que ela nunca desiste das pessoas que ama. Ela vê o melhor deles e ela é destemida. Então, o que acontece quando alguém é completamente destemida e cheia de esperança, como que se depara com o próprio diabo, que é Rumpelstiltskin?

 

Existe um personagem em particular que eles [personagens de Frozen] se ligam no show?

Eddy: Eu acho que você vai ver que Elsa e Emma vão ter uma amizade que vamos ver acontecer. Acho que vamos perceber que elas têm muito em comum, mas o arco Frozen, certamente, vai afetar todo mundo. Mas, ao mesmo tempo, para os fãs de Once Upon a Time, ainda vamos ver Rumple e Belle e sabemos que ele está mentindo para ela sobre a adaga. E temos Marian, que só voltou para frustrar o final feliz de Regina quando os Charmings têm um bebê.

Nós vamos transformar Frozen, mas não tanto quanto as outras histórias. Vamos estar contando todas elas. Então, você sabe, os fãs de Once que pensam que Frozen vai assumir o controle podem relaxar, e os fãs de Frozen também podem ficar animados, porque eles vão ver Hans e Kristoff e Elsa e Anna e os trolls.

 

Conte-me sobre Regina, porque Marian está lá e ele vai tipo esmagar seu relacionamento com Robin Hood, ela estará de volta no modo de Rainha Má? O que veremos dela?

Adam: Regina é um personagem em constante evolução. Ela não vai voltar ao que era antes, porque as pessoas não costumam fazer isso. Mas o que queremos mostrar com ela é o que achamos que as pessoas costumam fazer, que é que elas evoluem mas os elementos do que foram uma vez é algo que está meio que batalhando. Assim, a parte Rainha Má é algo que ela vai ter meio que lutar com, como ela lida com esse grande golpe como se fosse um momento brilhante.

 

Como é que vocês descrevem Marian, uma vez que apenas a vimos brevemente no final da temporada?

Eddy: Eu acho que essa Marian, quando nos encontramos com ela, é muito apavorada. Ela estava em uma cela à espera da morte e depois, de repente, graças a Emma, ela acorda em um mundo estranho com uma terra estranha e ela não tem ideia do que está acontecendo. Tipo Robin Hood, ela só o viu há duas semanas e nunca pensou que iria vê-lo novamente. Mas, claro, para Robin Hood, tem sido muitos, muitos anos, e eles têm um filho que nem sequer a conhecia muito bem.

Então, ela está realmente desorientada na tentativa de lidar com tudo. Mas eu acho que uma coisa é você descobrir que o seu marido pensava que você estava morta e seguiu em frente. E é outra coisa quando você descobre que ele seguiu em frente com a pessoa te matou.

 

Eu sei que também vamos conhecer a mãe de Belle nesta temporada…

Eddy: Nós vamos conhecer a mãe de Belle brevemente no início, mas vamos encontrá-la em um flashback. Vimos Belle quando Rumple a conheceu. Vimos Belle pós-Rumple mas nós nunca a vimos a Belle pré-Rumple, e é isso que nós estamos trazendo para o show. Nós vamos ver um flashback da Belle pré-Rumple que nos levará à isso e meio que explicar de onde ela tira seu amor pelos livros. Vamos ver onde Belle teve a ideia de querer ser uma heroína.

 

Será que o relacionamento Rumbelle ficará um pouco instável por causa de alguns segredos que podem vir à tona?

Adam: Eu não necessariamente usaria “instável” como o adjetivo. O que eu diria é que todos os relacionamentos vão enfrentar desafios. Na verdade, eu diria que o casamento que vimos no final da terceira temporada foi um casamento real com base no amor verdadeiro. O fato de que há um segredo obscuro por trás disso é preocupante, mas o amor deles é forte no início do mesmo e esse segredo e talvez algumas outras coisas os proporcionará desafios.

 

Eu já deixei bem claro que sou fã de Captain Swan, então o que vocês podem dizer sobre o futuro dessa relação?

Adam: Eu diria que tanto quanto Emma e Hook avançam, é uma coisa similar [à Rumbelle]. O show não é algo que queremos transformar em duas pessoas assistindo Netflix. Eles vão ter seus desafios. Não vai ser uma exploração do caráter de Hook que envolve o passado que nós já vimos dele, que ele está lidando. Emma vai lidar com seu próprio passado também. E os dois, tendo grandes passos à frente, vão também ter que lidar com alguns bloqueios e obstáculos que são únicos para a situação deles. Mas os dois têm sentimentos um pelo outro que vimos crescer, obviamente, e esses sentimentos continuarão a ser explorados.

 

Charming e Snow tem um novo bebê, então o que vai acontecer com eles?

Eddy: Estamos muito animados porque o episódio dois vai mostrar um flashback do Charming, quando ele era um pastor que encontra Snow White. E o bebê também vai impactar suas vidas de maneiras diferentes. É claro que eles não estavam por perto para criar Emma, por isso eles são realmente como pais de primeira viagem, mas, ao mesmo tempo, esta criança está recebendo a coisa que Emma nunca teve. E eu acho que nós vamos ver Mary Margaret, Snow White, lidar com alguns desses problemas, e ela também vai se ver com novas responsabilidades na cidade.

 

Henry – e Jared Gilmore – estão crescendo. O que ele está tramando nos novos episódios?

Eddy: Nós já vimos no passado sua Operação Cobra com Emma e ele trazendo Emma para a cidade. Vimos ele lutar com Pan e o que estamos realmente animados sobre este ano é que ele vai ajudar a sua outra mãe, Regina, e eles vão ter a sua própria operação que nós vamos ver o lançamento na estréia. Henry também vai ter um trabalho depois da escola. Não será visto na estréia, mas nós o veremos muito, muito em breve.

 

Alguma chance de vermos alguns antigos, não rostos antigos, mas amigos do passado, seja Rebecca Mader como a Bruxa Malvada ou Robbie Kay como Pan? Qualquer um que pode aparecer de novo?

Adam: Nós temos planos que não estamos prontos para divulgar ainda.

Eddy: Podemos dizer que, você sabe, na estréia, vamos ver Giancarlo Esposito como o Espelho Mágico, que estamos realmente animados para ver novamente.

 

Via

Tradução e adaptação: Once Upon a Time Brasil – Não reproduza sem os créditos!



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral