Próximo Episódio...
6x05 - “Street Rats”
jorge postou isto no dia 09 de março de 2015.

Nós deveríamos ter percebido que há muito tem que havia mais na história de Malévola (Kristin Bauer van Straten) do que a 1ª temporada mostrou – e como é excepcional! Não me admira que Malévola esteja nesse caminho de guerra. Sempre que a vida de uma criança está em jogo ou tenha sido tomada, os pais sempre se levantam para espalhar terror e vingança contra os responsáveis. O outro grande choque foi ver como Belle (Emilie de Ravin) mudou rapidamente a sua vida e iniciou um romance com Will Scarlet (Michael Socha). Como Malévola, Rumple (Robert Carlyle) teve alguém que ama roubado dele e sua vingança não vai conhecer limites. É ainda mais aterrorizante ver como Belle e Will desconhecem o perigo em que estão agora. E enquanto não tenham especificamente definido ainda, Once Upon a Time continua a insinuar que Emma (Jennifer Morrison) está em risco de cair no lado escuro de si mesma. Será que o segredo sujo é o que vai a empurrar para esse lado? Será o passado negro de Hook (Colin O’Donoghue) com Úrsula (Merrin Dungey) ou a descoberta de que seus pais não são tão bons e inocentes como ela pensou?

Em uma sessão especial para a imprensa, os criadores e produtores executivos Adam Horowitz e Eddy Kitsis falaram sobre a revelação do bebê, a história de Hook e Úrsula, e a ameaça à alma de Emma.

Bebê da Malévola

Eddy: No final do segundo episódio, você percebeu que Malévola não é apenas uma vilã, ela é uma mãe tentando proteger seu filho. Se você assistir o 4×13 de novo, e ver tudo o que ela está fazendo, espero que dê uma profundidade a mais.

Romance de Belle & Will

Eddy: Toda vez que você tem seu coração partido, você procura uma maneira de voltar a sorrir. Acho que demos a entender que Will deixar o País das Maravilhas teve um pouco de coração partido. Belle teve claramente o coração partido e vocês estão vendo que eles têm muito em comum. Ambos se apaixonaram por vilões. Ambos esperavam que esses vilões se redimissem. Will se apaixonou pela Rainha Vermelha e ela mudou e ele viu a mulher debaixo do monstro. O mesmo com Belle. Então, eles têm muito em comum. O que nós amamos sobre Belle no final de inverno foi que ela ficou tipo, “Já basta”. É mentira o suficiente e em algum momento você tem que parar de dar às pessoas o benefício da dúvida. Você tem que dizer: “Mude ou caia fora” – e nós amamos essa força da Belle. Ela seguiu em frente e nós amamos isso porque se você olhar para Belle como um personagem – lembre-se, ela se ofereceu para salvar sua cidade, porque seu pai não iria deixá-la ser um herói – então ela se tornou uma empregada e, em seguida, tornou-se esposa, e ela não viveu realmente. Portanto, para nós, é como se você se casasse aos 21 anos e agora você está com 32 e você meio que pensa: “Talvez eu queira viver de novo.”

Adam: Belle tem que ser forte. Uma das coisas que aconteceu nesse relacionamento com Rumple, como suas mentiras cresceram e suas traições cresceram, o público estava vendo que Belle não tinha conhecimento de nada disso e nós realmente queríamos que a primeira metade da temporada fosse para ela reagir a essa descoberta e agir com força. Se eles tiverem alguma chance de estar juntos, ela tem que ser a pessoa mais forte.

Eddy: O que também gostei foi como as pessoas estavam chateadas com o comportamento dele. No entanto, ele nos advertiu em Skin Deep [1×12]: “Eu sou um homem difícil de amar” e nós apenas não queríamos acreditar. Então, o que nós amamos é até mesmo os fãs estarem tipo, “Não! Sim, ele matou um monte de pessoal e sim, ele nos disse que era um mentiroso e sempre escolhe o poder sobre o amor, mas isso era diferente”. Mas não é.

A capacidade de Emma para a Escuridão

Eddy: Para Emma, ​​agora, as duas pessoas que ela mais confia em sua vida estão mentindo para ela e ela está suprimindo isso. Então descobrir isso será bem chato. Emma vai ter de enfrentar seu passado em uma série de maneiras diferentes. Ela já teve muito crescimento ao longo das últimas três temporadas – e o que acontece quando a pessoa que está ajudando você a crescer pode ser, na verdade, tão ruim quanto as pessoas que você estava tentando fugir?… Eu diria que Henry (Jared Gilmore) faria o possível para mantê-la no lado bom da força. Eu acho que Henry é o coração do Verdadeiro Crente, então o Verdadeiro Crente sempre acredita em você – mesmo quando você está talvez indo por um caminho errado.

Adam: Nas duas últimas temporadas, vimos vários de nossos vilões, como Regina e Gold, estarem em um arco de redenção. Nós vimos que eles começaram realmente ruins e tentaram lutar contra esses impulsos para serem pessoas melhores, em graus variados de sucesso. O que queríamos fazer é começar a explorar essa ideia com os nossos heróis – e eu acho que nós vemos isso em todo o show – que as coisas não são apenas preto no branco, e eu acho que você vai começar a ver – obviamente que isso está com Snow (Ginnifer Goodwin ) e Charming (Josh Dallas)  – e isso vai começar a afetar Emma também.

Amizade de Emma & Regina

Eddy: [Emma] bateu na porta [da Regina] e disse: ‘Eu quero ser sua amiga. Eu quero conseguir o seu final feliz’, e em seguida, ela se juntou à Operação Mongoose. Regina (Lana Parrilla) ficou tipo, ‘Isso é ótimo, mas eu gosto mais de sua mãe’. Regina não tem estado aberta para essa amizade, mas eu acho que nós vamos ver isso mudar um pouco – se elas podem ou não ser amigas é o o que vamos ver no segundo semestre.

Adam: Dado o que Emma está começando a passar e o que Regina passou, há um novo terreno comum entre as duas personagens. Eu acho que elas vão construir essa amizade. Além de Henry, agora há uma outra coisa que elas podem compartilhar e lidar.

O passado de Hook com Úrsula

Eddy: O episódio 4×15 explica o que ele fez com ela… Nada sexual. É como Hook disse, é muito pior. Então, quando você pensa sobre o que seria pior do que ter seu coração partido, eu diria que seria ter sua alma esmagada… Você verá todo o flashback do que aconteceu e a origem de Úrsula.

Morte de um personagem importante

Eddy: Haverá alguma morte.

Via

 Tradução e adaptação: Once Upon a Time Brasil – Não reproduza sem os créditos!



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral