Próximo Episódio...
7x05 - “Greenbacks”
jorge postou isto no dia 27 de novembro de 2015.

Em uma reviravolta que basicamente ninguém imaginava, Once Upon a Time transformou Hook na coisa que ele odiou por centenas de anos: o Dark One.

Cortado pela Excalibur, Hook (Colin O’Donoghue) enfrentou a morte certa quando Emma uniu a adaga com a espada. Desesperada para salvar o que ela espera ser seu final feliz, Emma conectou Hook com a espada, criando um segundo Dark One, que ninguém sabia que existia até Hook conseguir suas memórias de volta em Storybrooke.

Como prometido, o EW conseguiu spoilers com O’Donoghue sobre sua transformação:

EW: O quão surpreso você ficou quando descobriu que Hook seria um segundo Dark One?

Colin: Foi meio chocante. Fiquei animado, pra ser sincero. Animado para explorar novamente o lado escuro de Hook. Foi lá que ele estava quando entrei na série, mas talvez não do mesmo jeito que agor como Dark One. Ele é um pouco mais… não engraçado. Mas é legal poder explorar isso novamente.

EW: Emma ficou muito diferente como Dark One já que ela sempre foi boa, então o quão diferente é Hook como Dark One?

Colin: Ele é meio similar ao Hook original, mas amplificado pelo presente. O que devemos lembrar é que Hook já aceitou a escuridão antes, enquanto Emma sempre lutou contra. Mesmo ela sendo Dark One, ela ainda tem esperança como Salvadora. É de onde a Dark One dela veio, enquanto Hook sabe que ele não consegue resistir a esse lado das coisas, então ele realmente aceita a escuridão e a deixa o consumir.

EW: Como você entra no clima de ser mau?

Colin: Tento pensar nas piores coisas que posso, tento entender como as pessoas fazem essas coisas uma com as outras. Não entendo, mas é como começo. Olho para pinturas e tento procurar histórias dolorosas e coisas assim, tento entrar na mente de alguém totalmente sem sentimentos. Então, você pensa, bom, se alguém realmente não se importa com ninguém desse jeito, eu imagino que eles gostem do sofrimento ou são completamente indiferentes. Então tento atuar como alguém assim. Eu não sento e escuto música o dia todo, apesar da música me influenciar muito. Toco guitarra e coisas assim, mas não teria algo em particular que eu ouviria que faria me sentir um vilão.

EW: A única coisa que Hook sempre odiou foi o Dark One. Ele é então basicamente um Dark One que se odeia?

Colin: Sim. Ele sempre admitiu que odeia o Dark One. Ele diz isso a Emma. Ele desesperadamente tentou impedir Emma de se tornar DO, porque é algo que ele odeia. Entretanto, quando ele aceita a escuridão, ele não tem escolha sobre virar o DO. Não é decisão dele. Uma vez que a escuridão toma conta dele, ele não tem uma escolha real pois sempre foi aberto a ela. Sempre teve essa fraqueza. Ele simplesmente aceitou completamente. Você meio que o vê lutar contra um pouquinho, mas quando ele decide que é isso que ele é, ele aceita.

EW: Qual a motivação de Hook? Ele sempre quis matar Rumple, então isso fará parte do jogo?

Colin: Tem coisas que são mais complexas. Eles todos tem coisas ligeiramente diferentes que querem fora da escuridão. Uma grande parte do que Hook é, e sempre foi por centenas de anos, é a motivação por vingança, e você verá elementos disso aparecerem.

EW: Quando Emma se tornou Dark One, os anteriores apareceram para ela na forma de Rumple. Se isso acontecer com Hook, isso deixará ele louco?

Colin: Você terá que assistir. É uma dinâmica interessante, especialmente porque agora existem dois Dark Ones.  É interessante ver como eles todos vão trabalhar juntos e suas motivações.

EW: Como Hook se sente com Emma já que ela “criou” ele?

Colin: No fundo – ele viu isso com Rumple e Belle, e até Emma e Hook – eles ainda são capazes de amar. Sabe quando você tem aquela briga enorme com seu parceiro e vocês estão realmente muito bravos um com o outro? Imagine isso, mas com você sendo a pessoa mais perversa do mundo, então imagine como deve ser. Mas isso não quer dizer que ele não ame ela. Eles ainda podem amar, mas quando você fica com raiva enquanto Dark One, a coisa fica séria.

EW: O que você pode adiantar sobre os planos de Hook para Storybrooke?

Colin: Hook realmente aceitou isso. O que seja que a escuridão quiser, ele está disposto a dar para a escuridão o que ela quer, para então conseguir o que ele quer por suas próprias razões egoístas, se é que isso faz sentido. Estamos falando da escuridão como se fosse algo real. É uma entidade com vida própria e usa pessoas para fazer o que ela quiser. Então Hook está disponível a fazer isso pela Escuridão. Se isso significa machucar pessoas, ele está disposto a fazer qualquer coisa.

EW: Nós veremos alguns aspectos do passado de Hook com seu pai. O que pode dizer sobre esse episódio?

Colin:Eu estava animado para explorar isso, porque falamos sobre o pai de Hook e ele foi reservado sobre isso, então veremos o que aconteceu no passado. É uma visão fascinante sobre quem Hook foi quando ele era o Capitão Gancho, mas não Killian Jones, se sabe o que estou dizendo. O Hook da segunda temporada! Vamos chamá-lo assim. Você verá como ele virou aquele pirata impiedoso e a pessoa que não ligava para nada além de sua vingança.

Via

Tradução e adaptação: Colin O’Donoghue Brasil <3



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral