Próximo Episódio...
6x05 - “Street Rats”
jorge postou isto no dia 11 de outubro de 2015.

Nesta temporada de Once Upon A Time, os cidadãos de Storybrooke têm uma nova missão: eles devem salvar Emma de se tornar o Dark One.

No final da temporada passada, o grupo recebeu a mensagem de que apenas uma pessoa poderia salvá-los: o maior feiticeiro de todos os tempos, Merlin. Na estréia desta temporada, o grupo viajou para Camelot mas esbarraram em um grande obstáculo: Merlin tinha desaparecido.

Só que Merlin não está desaparecido totalmente: em vez disso, ele está preso dentro de uma árvore mágica antiga. Então, agora, a nova Salvadora, Regina, tem que descobrir como ela pode desbloquear a magia da árvore e livrar Merlin de sua prisão para que ele possa ajudar os moradores de Storybrooke a salvar Emma.

Elliot Knight, que é o intérprete de Merlin na série, falou com o Tech Times sobre assumir o papel icônico de maior feiticeiro do mundo e deu dicas sobre a importância de Merlin nesta temporada de Once Upon A Time.

Algo que Once Upon A Time faz bem é ter personagens familiares para seus telespectadores e alterá-los de maneiras inesperadas. Merlin não é exceção.

“Isso é algo que eu amo sobre a série”, disse Knight. “É o que o torna tão interessante porque todo mundo já está familiarizado com os clássicos personagens de contos de fadas e personagens dos filmes da Disney: todos nós sabemos as suas histórias, que tendem a ser versões fantásticas e romantizadas de eventos, que são divertidas de assistir.

“Mas o que é tão grande sobre a série é que os criadores estão nos dando esta oportunidade para mostrar as complexidades desses personagens – o que os torna mais humanos e menos distantes das pessoas comuns e normais, que é por isso que eu acho que é uma das muitas razões que a série é tão bem sucedida.”

É por isso que Knight estudou cuidadosamente a série em sua preparação para assumir o papel icônico de Merlin.

“Não fiz nenhum plano antes para o personagem, eu queria olhar para a série e entender o que o mundo era através dos personagens: o que as suas viagens e histórias são, o que seus relacionamentos são um com o outro e, em seguida, descobrir como Merlin caberia nesse contexto.”

Knight acha que Once Upon A Time é boa em tocar em temas de magia e que se sente descobrindo essa maravilha quase infantil que traz magia.

“Foi muito mais sobre tentar lembrar como eu me sentia como uma criança”, disse Knight. “Porque quando você assiste ao show, todo esse tema de magia e amor e esperança e tudo mais, que é o mais agradável sobre isso: são as coisas que você realmente experimenta quando é uma criança, quando é jovem. E todo aquele mundo da imaginação: Eu sinto que isso é algo realmente importante para acessar e lembrar. É daí que o coração da coisa vem.

“Eu me lembro quando conheci [os produtores executivos] Eddie [Kitsis] e Adam [Horowitz], e eles estavam me dizendo sobre o show, porque eu não tinha assistido ainda. E eles estavam dizendo, ‘é tão incrível’. E é realmente inspirador que há adultos no mundo que se sentem tão em contato com a sua imaginação e suas paixões de aventura e fantasia e uma realmente boa narrativa que pode apelar a alguém de todas as idades, não importa onde eles estão ou suas experiências”.

No entanto, Knight também se referiu à sua descrição favorita do Merlin de sua infância para a inspiração: a minissérie Merlin de 1998, estrelada por Sam Neill no papel-título.

“Você assistiu: Ele nasceu e, em seguida, ele cresceu. Você o viu como um jovem rapaz e até mesmo toda a mitologia e lendas antes de ele existir”, disse Knight. “Então, você viu uma espécie de interpretação do que aconteceu com a rainha Mab e as guerras que estavam acontecendo no momento: tudo foi banhado com fantasia e história, e era tão magnífico, e a história foi tão épica e durou por anos e anos e anos”.

Para Knight, a representação da minissérie de Merlin foi mágica porque mostrou a progressão de Merlin através de sua vida.

“Eu sempre senti uma conexão com essa história que não mostram apenas esse personagem, mas mostram um ser humano em uma viagem”, disse Knight. “Sim, há magia, e magia é divertido. Mas ele estava apaixonado e ele passou por dor e ele passou por felicidade e passou por perda. Esses muitos fatores fizeram dele um personagem magnífico.”

Knight afirma que esta é a forma como ele se sente sobre sua própria interpretação do personagem e que os escritores de Once Upon A Time compreendem a importância desse tipo de narrativa.

“Isso é o que eu sinto que os escritores estão fazendo e têm feito com os personagens até agora: eles fizeram-los mais interessantes e deu-lhes cada uma jornada e algo por que lutar, que é, obviamente, o tema geral da série: ter algo por que lutar, descobrir o que é, e realmente ter certeza que você permanece no caminho que você escolheu”, disse Knight.

Então, isso significa que veremos história da origem de Merlin na série? De acordo com Knight é provável, pelo menos em parte, porque cada personagem em Once Upon A Time tem uma backstory rica.

“Então, se tivéssemos que encontrar Merlin, e em qualquer lugar que ele aparecesse, eu acho que teremos várias perguntas respondidas sobre ele”, disse Knight. “Eu não vou dizer o quê, ou quantos, mas eu realmente gostei do material que me foi dado para trabalhar.”

Knight já apareceu como Merlin em uma cena durante o episódio de estréia desta temporada. Nessa cena, a jovem Emma Swan está sentada em uma sala de cinema com doces roubados. Merlin se aproxima dela e diz a ela para não remover a espada da pedra, algo que já se tornou objetivo de Emma como o Dark One nesta temporada. No entanto, essa cena é mais crucial do que os espectadores sequer perceberam.

“Não é apenas um momento aleatório no tempo”, disse Knight. “Eles não mostraram aquilo sem motivo. Essa cena pode ser até mesmo o coração dos eventos que estão prestes a se desenrolar. Então, é de importância crucial para os fãs da série. E ela pode não ser tão óbvia como eles pensam.”

Via

Tradução e adaptação: Once Upon a Time Brasil. Não reproduza sem os créditos!



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral