Próximo Episódio...
6x05 - “Street Rats”
jorge postou isto no dia 19 de outubro de 2015.

Once Upon a Time fez viagens em novos mundos por quatro temporadas, mas em sua quinta, o show está se aventurando em território Arturiano familiar: Camelot.

A série de fantasia está introduzindo novos personagens, incluindo muitos cavaleiros da Távola Redonda, Rei Arthur e o misterioso feiticeiro Merlin, interpretado por Elliot Knight.

Knight, 25 anos, que se junta ao elenco após duas aparições em How to Get Away with Murder, gastou algum tempo discutindo sua interpretação única da lenda, a quinta temporada e os personagens que ele gostaria de ver no show algum dia.

Projetos tendem a mostrar Merlin como um homem mais velho. É interessante que eles quiseram um ator mais jovem nesta parte.

Essa é a melhor coisa sobre este papel. Eu acho que é brilhante, pois eles fizeram completamente diferente do que você estaria esperando, especialmente com um personagem que é tão lendário e bem conhecido pelas pessoas. É definitivamente um papel que eu sempre quis interpretar. Eu sempre amei magia.

Você olhou quaisquer outras representações de Merlin ou outros feiticeiros para inspiração?

Não pesquisei tanto por coisas novas, eu fui revisitar minhas próprias interpretações. Eu sabia que Merlin foi um personagem que eu já amei. Eu tive uma compreensão de quem ele era. Meu trabalho não era recriar a interpretação de outra pessoa de Merlin ou estar de acordo com as expectativas de alguém. Já estou muito distante disso. Cada Merlin que foi lançado antes, eu sou exatamente o oposto deles na aparência. Merlin vai claramente supervisionar a jornada desta série, então eu tive que pensar em como eu ia interpretar isso. Eu tive que olhar para o que era mais interessante sobre ele, o que lhe dá um caminho.

Qual orientação sobre o personagem você já tinha?

Quando eu era criança, eu assisti A Espada Era a Lei, então eu assisti de novo. Em termos do Merlin no filme, ele é hilário! Ele é um velho mal-humorado com a coruja Arquimedes e eles simplesmente discutem como um velho casal. Ele tem poder, mas não é uma coisa pesada. É agradável.

Eu também assisti à mini-série Merlin de 1998, com Isabella Rossellini, Helena Bonham Carter, Sam Neill e um monte de outros atores incríveis. Eles foram exatamente o oposto de A Espada Era a Lei. Eles foram de volta ao mito e à lenda do que realmente aconteceu. Foi um marco na história, como Merlin foi criado e não nascido, as cenas eram muito diferentes. Eu gostei do contraste. Eu queria tentar e encontrar o que melhor se encaixava no mundo de Once Upon a Time. Ninguém entra na série e “é” apenas sua persona Disney.

Quando você ficou viciado no show como um fã?

Os criadores e escritores têm uma maneira incrível de transformar tudo em uma reviravolta que ninguém está esperando. Eu comecei a assistir o show desde o início, mas foi na segunda temporada que realmente me viciei. Foi o episódio sobre Ruby, quando eles estavam mostrando a história de origem dela. Eu achava que sabia o que estava acontecendo, mas não estava no fim. Em retrospectiva, eu deveria ter visto isso chegando, mas eles têm uma ótima maneira de distrair você. É imprevisível.

É fascinante como eles são capazes de combinar os personagens da Disney com o projetamento de mitos e lendas.

Sim. Na segunda parte da quarta temporada com as Queens of Darkness, eu simplesmente amei a forma como estas personagens icônicas e conhecidas foram ligadas. Elas chegaram e cada uma tem suas próprias histórias. Merlin é, nos termos do mundo da magia, um dos personagens mais intrigantes e poderosos. Há um monte de perguntas que você poderia perguntar sobre ele e tudo relacionado a ele. Para os fãs hardcores do show, eu acho que essa vai ser a melhor temporada. Eles vão aprender muitas coisas que eles nunca sequer sabiam que existia.

Soa semelhante à configuração da primeira temporada.

É muito semelhante. Lá eles estavam estabelecendo o mundo da magia para todos. Na segunda temporada, foi mais sobre a explorar o mundo da magia. Na quinta temporada, eles vão explorar, mas é mais sobre como estabelecer o mundo em que eles estão, o que é sempre fascinante. Há partes da temporada em que os escritores estão voltando às raízes, e é isso que eu estou animado para ver.

Você parece realmente ter uma paixão por este personagem.

Eu não acho que estes são os tipos de papéis que você pode fazer sem paixão. É fantasia, mito, lenda e magia. Estes temas são tão relevantes para todas as pessoas, não importa sua idade e localização. É atemporal. Realmente exige que você coloque seu coração por cada um deles. Este Merlin é interpretado com muita paixão, e eu gostei muito de ficar brincando com ele.

O que vai acontecer com Merlin nesta temporada?

Eu parei de tentar adivinhar o que está acontecendo, ou mesmo perguntar sobre isso. Eles obviamente deixam que você saiba as coisas grandes e importantes antes do tempo. Há tempos em que todos os escritores estão em Vancouver, onde estamos filmando, e eu vou sentar com eles e fico tipo, “Ok, eu li este script. O que acontece depois?”. E eles vão se recusar a me dizer alguma coisa. É maravilhoso às vezes realmente não saber o que está acontecendo, pois assim posso tentar prever algumas coisas. Eu acho que há muito a ser dito sobre o quanto eles compartilham com os atores. Isso definitivamente tem um impacto sobre a forma como nós interpretamos os personagens. É o show mais misterioso que eu já estive.

Definitivamente parece mais organizado dessa forma.

Exatamente. Você está vivendo no momento. Ninguém precisa saber o que vai acontecer, a menos que seja algo que seu personagem em específico já está ciente. É tudo sobre explorar cada momento como ele chega e não pular as coisas ou burlar as regras. Qualquer personagem, show ou filme, é sobre esses pequenos detalhes em sua jornada. É algo que eu realmente gostei de brincar com. Estou tão animado para assistir isso, assim como um fã da série, e para ver como a jornada se desenrola. Especialmente com Merlin, eu tenho uma quedinha por ele.

Existe algum personagem que você gostaria de ver em Once, independente se for um novo papel ou trazer de volta um antigo?

Em termos de novidade em Once, e não em termos de enredo, mas da Disney, eu sempre amei O Corcunda de Notre Dame. A música do filme é brilhante também. Eu amo a história do Quasimodo, sobre alguém que sente que não se encaixa, mas é puro de coração e tem boas intenções. É uma grande mensagem para um público mais jovem. Seria ótimo incluir algo assim no show.

Via

Tradução e adaptação: Once Upon a Time Brasil. Não reproduza sem os créditos!



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral