Próximo Episódio...
6x05 - “Street Rats”
jorge postou isto no dia 05 de abril de 2015.

Depois de quatro longas temporadas, Once Upon a Time finalmente introduziu o Autor do livro de histórias, bem, o mais atual, de qualquer maneira.

Acontece que o “Autor” é um título, ao invés de uma pessoa – um trabalho que tem sido realizado por muitas pessoas diferentes ao longo dos tempos, incluindo um homem chamado Walt. Neste caso, o Autor – bem, ele realmente parece ser uma espécie de babaca. Retratado pelo ator de Mad Men Patrick Fischler, o Autor apareceu pela primeira vez durante o episódio de domingo passado, depois de finalmente ser liberto do livro de contos que funcionava como sua prisão.

Veja, o Autor foi preso pelo Feiticeiro e seu Aprendiz por manipular histórias dos personagens dos contos de fadas ao invés de registra-los. Por exemplo, ele basicamente apontou Branca de Neve (Ginnifer Goodwin) e o Príncipe Encantado (Josh Dallas) na direção do Aprendiz de Feiticeiro, que, em seguida, ofereceu-lhes uma maneira de livrar a escuridão de sua futura filha. Isso veio com o preço de colocar a escuridão dentro da criança de Malévola (Kristin Bauer van Straten), que não era um monstro, mas sim um bebê perfeitamente saudável que foi então ejetado para o mundo real. Veja, ele é um idiota!

“Ele tem razões para fazer tudo isso”, diz Fischler à EW. “Eu não acho ele um babaca. Eu só acho que ele quer certas coisas da vida que talvez ele não consiga. Há muito mais para ele do que aparenta. Ele tem muitas camadas.”

Os patrões de OUAT concordam. Só porque o Autor deu uma escapada rápida depois de ser libertado do livro de histórias, não significa que ele é um cara mau. “Ele tem um pouco de atitude”, diz o produtor executivo Edward Kitsis. “Naturalmente, se você estivesse preso dentro de um livro por um período indeterminado de tempo, você pode sair mal-humorado. Se ele é um vilão ou não, o público terá que ver, mas ele tem seus motivos e ele acredita neles.”

“Não deixe nada saltar para a sua mente sobre ele ainda”, acrescenta Fischler. “Você tem um tempo para decidir o que você pensa. É muito difícil quando eu interpreto personagens, eu simplesmente nunca quero que eles sejam apenas paus ou pensam que são, por falta de uma palavra melhor. Eu realmente acho que todo mundo, em última instância, está vindo de um lugar de dor.”

Com a série explorando as motivações do Autor, os telespectadores vão saber muito mais sobre a mitologia do Autor e como exatamente alguém acaba neste trabalho – e como esse Autor em particular encontrou seu caminho para o livro. No entanto, os chefes de OUAT são modestos sobre se o autor realmente pode mudar o passado, como os vilões esperam. “As questões do destino versus livre arbítrio estão amarradas em que o Autor faz e pode ou não pode fazer”, o produtor executivo Adam Horowitz diz, observando que a Maldição das Trevas antecede este Autor – então ele não estava envolvido com a forma que isso aconteceu.

“Nós não vamos nos aprofundar muito no que ele manipulou [no passado], porque vai focar muito no presente sobre quem vai encontrá-lo primeiro: os heróis ou os vilões?”, diz Fischler. “A busca por ele é um grande negócio. Todo mundo está procurando por ele. Eu não posso dizer-lhe que o encontra, o que acontece e quem fica com seus finais felizes, mas é muito, muito bom.”

Uma vez que parece que o Autor gosta de puxar as cordas, ele pode ser mais inclinado a se juntar à missão das Rainhas das Trevas do que aos bons, embora Kitsis adverte para não tirar conclusões precipitadas. “Se ele é capaz de fazer aquilo com Snow e Príncipe Encantado, ele provavelmente está na equipe do mal”, diz ele.

“Ele gosta de ir para onde ele pode ser servido”, acrescenta Fischler. “Ele está definitivamente interessado em quem pode servir suas necessidades. Haverá uma luta em algum ponto. Além de sua história, ele estará envolvido na história de outra pessoa também. Esse é o episódio favorito que eu fiz. É muito bom. Você descobre de onde ele está vindo”.

À parte do Autor conhecer bem todos esses personagens do livro, “alguém o conhece e está mentindo sobre isso”, Kitsis brinca. Esse poderia ser o Sombrio (Robert Carlyle), que está na imagem acima com o Autor?

“Não é ele” Kitsis revela. “Você está acostumado a todas essas histórias do passado com Robert aparecendo e oferecendo-lhes alguma coisa, mas nós estamos mudando isso.” No entanto, a foto é, pelo menos, prova de que o Sombrio e o Autor irão cruzar caminhos em breve. “Ele e o Autor têm muitos objetivos em comum”, Fischler brinca.

“Quando percebemos, o plano de Rumplestiltskin é roubar o plano de Regina (Lana Parrilla), que é recorrer ao Autor,” diz Kitsis. “Se esses dois estão juntos, o meu palpite é que ele está ou oferecendo-lhe algo ou forçando-o a ir com ele. Eles podem não se conhecer, mas Rumplestiltskin nunca teve medo de trabalhar com estranhos”.

Embora, o próprio Fischler não seja estranho. O ator já trabalhou com Kitsis e Horowitz em Lost – ele interpretou o guarda da segurança da Dharma Initiative, Phil – então ele foi rápido para aceitar a oferta de fazer vários episódios de Once. “Minha filha está prestes a completar 6 e adora o show, então eu estava super animado”, diz Fischler. “Minha esposa [Lauren Bowles] esteve em True Blood durante cinco anos, então ela recebia seus roteiros e ficava tão animada para ler. Ela nunca tinha me visto tão animado sobre a obtenção de um roteiro. Eu li todo o roteiro, não fiz aquela coisa de ator de olhar só as minhas falas. Eu fiquei animado para ler a coisa toda. Tem sido um longo tempo desde que eu estive em um show como esse, onde eu fico tipo, ‘O quê? Oh, wow. Ok!’, durante todo o caminho, até o final”.

 

Via

Tradução e adaptação: Once Upon a Time Brasil – Não reproduza sem os créditos!



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral