Próximo Episódio...
6x05 - “Street Rats”
jorge postou isto no dia 07 de dezembro de 2015.

Este post contém spoilers do 5×11. Você foi avisado.

Once Upon a Time deu uma guinada chocante na mid-season finale quando um personagem regular da série encontrara um destino sombrio – mas não tema, EW está aqui para acabar com seus medos.

Depois que Hook (Colin O’Donoghue) ressuscitou todos os antigos Dark Ones a fim de acabar com a Luz, alguns de residentes Storybrooke foram marcados à morte, forçando Emma (Jennifer Morrison) a tomar medidas drásticas em uma tentativa de salvar a cidade. Mas foi Hook que, em última instânciase colocou à frente. Finalmente escolhendo família à vingança, Hook decidiu assumir toda a escuridão e se sacrificar para salvar aqueles que ama. Isso mesmo, Hook está morto, mas – resiravolta! – O’Donoghue não vai a lugar nenhum.

“É complicado, porque nós estamos indo para o Submundo na segunda parte da temporada”, o ator diz à EW. “Ele continuará na série, mas de uma forma completamente diferente e muito chocante.”

Apesar de que uma boa notícia, a morte de Hook ainda foi uma montanha russa de emoções, especialmente considerando que Emma foi a que tentou usar Excalibur nele. “Ela não tempo muito tempo para pensar nisso”, diz Morrison. “Ela está em uma situação onde ela tem que tomar uma decisão na hora. Depois do que ela passou – ela pensou que estava fazendo a coisa certa, salvando sua vida, mesmo que ele dissesse não, e então ela percebeu que havia todas essas repercussões por causa disso. Ela percebeu o quanto isso doía nele que ela não acreditou que ele queria ir em vez de virar Dark novamente. Quando ela passa pela mesma decisão novamente, ela tem que tomar a decisão que ela sabe que ele quer que ela tome. É uma daquelas coisas de de partir o coração em que a decisão que representa o amor é realmente aterrorizante.”

Apesar que seu relacionamento tem sido muito difícil temporada, Hook e Emma foram capazes de resolver o seu amor antes de sua morte. “Até o momento ela tem matá-lo, eles têm toda uma troca onde ele chegaa a um lugar onde ele é capaz de superar a escuridão dentro de si mesmo nesse momento para admitir sua verdade”, diz Morrison. “Ela está lutando para acreditar que – e é confirmado quando ele diz: ‘Eu quero ser esse homem e eu sou realmente o homem que eu lutei para ser para você ‘- ele ainda a amava, que era apenas a escuridão dentro dele falando, isso é confirmado naquele momento.”

No entanto, o sacrifício de Hook é em vão quando Emma percebe que Gold (Robert Carlyle) enganou a todos e é mais uma vez o Dark One. “Não foi tudo em vão no sentido de que o seu amor um pelo outro é real”, observa Morrison. “Em última análise, tudo se encaixa, sabendo que o seu amor um pelo outro é real. Mas em termos de ela tentar controlar o resultado, é em vão. A lição primordial é que ela precisa se deixar levar e não tentar controlar tudo o que acontece.”

Independentemente da forma que aconteceu, Hook ainda “se sente como um herói”, diz O’Donoghue. “Ele faz isso para o bem maior, embora ele tenha gerado todos os problemas. Ele faz isso por amor, e eu acho que isso o faz sentir, de alguma forma, um herói, e  se provando a Emma e às outras pessoas de Storybrooke.”

Agora, o problema reside em salvar Hook do Submundo – é por isso que todos os personagens já conhecidos e mortos há muito tempo Cora (Barbara Hershey), Peter Pan (Robbie Kay), Cruella de Vil (Victoria Smurfit) e Milá (Rachel Shelley) vão retornar na segunda metade da temporada!

“Quando ele se sacrifica antes dela saber sobre Gold, Emma está em estado de choque e está tentando descobrir o que fazer, e não sabe se há uma maneira de chegar a ele”, diz Morrison. “A coisa estranha sobre descobrir que o Gold é o Dark One novamente é que ela está furiosa com ele, mas, ao mesmo tempo, ela tem agora uma forma achar Hook. Se ele não fosse o Dark One, ela não o encontraria. Por mais que ela esteja furiosa com ele, ela também está grata de um modo estranho, já que isso está dando a ela uma segunda chance de salvar o homem que ela ama.”

Via

Tradução e adaptação por Once Upon a Time Brasil – Não reproduza sem os créditos!



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral