Próximo Episódio...
6x05 - “Street Rats”
jorge postou isto no dia 24 de fevereiro de 2016.

Rumple é o Dark One de novo em Once Upon a Time, bem a tempo de guiar Emma Swan e o resto da grupo ao Submundo para tentar salvar Hook. É um pouco de retrocesso para o personagem de Robert Carlyle, que lutou duro para ser um herói depois que ele perdeu seus poderes de Dark One e agora recuperou mais uma vez todo o poder de sua magia.

Existe alguma coisa que pode ser feito para resgatar o personagem de novo? No tapete vermelho do centésimo episódio Once Upon a Time, os showrunners Eddy Kitsis e Adam Horowitz prometeram que essa história vai acontecer de forma diferente do que aconteceu no passado.

“Ele aprendeu alguma coisa”, Kitsis disse quando perguntado se Rumple poderia ter aprendido com os erros anteriores e vai fazer alguma coisa sobre isso, como contar a Belle a verdade sobre ser o Dark One novamente. (Eles não disseram se ele vai ou não dizer a ela, aliás.) “Eu acho que se os fãs pensam tipo, ‘Oh, eles vão fazer a mesma coisa outra vez?’ – Absolutamente não. Ele aprendeu muito”.

Um próximo episódio vai mostrar o passado de Belle antes de Runple, com Wes Brown interpretando Gaston, nos flashbacks centrados em Belle. Mas como os flashbacks quase sempre são um paralelo com o que está acontecendo no presente, eu perguntei ao showrunners se isso significa que um arco Belle/Rumple importante vai acontecendo em paralelo ao conto de Belle e Gaston.

“Posso dizer que faz um paralelo com a história dos dias atuais, e de uma forma muito direta”, Horowitz contou. “Sem revelar muito, acho que podemos dizer que foi divertido para nós explorar um período na vida de Belle que nós ainda não exploramos, que era antes de conhecer Rumple, antes que os vimos se conheceram em ‘Skin Deep’. Essa é uma parte de sua vida que foi muito divertido em trazer à vida. ”

Para a estrela Jennifer Morrison, ela vê o retorno de Rumple à escuridão como uma metáfora para o sofrimento as pessoas passam por em nossas vidas todos os dias, e explicou como ela acredita que os personagens de Once Upon a Time vão reagir a notícia.

“Eu sempre vi a série como uma metáfora para a vida e as diferentes pessoas nela”, disse ela. “Eu sei que [Carlyle] falou sobre ver esse personagem viciado no poder da mesma maneira um viciado é viciado em drogas ou beber ou qualquer coisa. Eu acho que é uma relação semelhante quando você ama alguém e eles são parte de sua família e eles continuam a lidar com o vício. E uma doença, então você os culpa pela doença, você descobre como ajudá-los a conseguir ajuda, ou em que ponto você decide que eles precisam si ajudar?

“Se você olhar para ele, metaforicamente, não se trata sobre algum dia perdoar ele, é como se você continuasse a interagir com essa pessoa que é uma parte da família e é uma parte do grupo,” Morrison continuou. “Nós nunca vamos estar livres disso. Ele sempre vai ser parte da família. Você apenas tem que continuar a ajustar a isso e descobrir o melhor caminho a seguir. Não se trata de se livrar dele ou algo assim.”

Lana Parrilla, que interpreta Regina, acredita que a nova Evil Queen será capaz de se relacionar com a decisão de Rumple, porque ela vê uma profunda conexão entre os dois personagens.

Eu acho que sempre houve uma amizade entre os dois. Só é não dito. Há uma linha tênue entre o amor e ódio para os dois”, disse Parrilla com uma risada. “Eles se conhecem há muito tempo e ele tem sido um professor, seu adversário, alguém que ela quer matar, alguém que ela ama e odeia – e, por vezes, pensamos, ‘Será que ele é o pai dela?’ porque ele teve um caso de amor com Cora. Robert e eu conversamos sobre isso; nós concordamos em deixar isso implícito, em algum lugar. Mesmo que nunca seja abordado, tem um pouco disso no nosso trabalho. Não sei o que vai acontecer. Quero muito mais dos dois juntos. ”

Via

Tradução e adaptação por Once Upon a Time Brasil – Não reproduza sem os créditos!

 



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral