Próximo Episódio...
7x05 - “Greenbacks”
jorge postou isto no dia 20 de julho de 2015.

Robert Carlyle está divulgando seu novo filme, chamado “The Legend of Barney Thomson“, e por isso está concedendo várias entrevistas. Em uma delas, feita para o site Herald Scotland, Robert falou um pouco sobre a série, os fãs de Rumbelle e os fãs de OUAT. Confira a tradução dessa parte da entrevista:

[…]

A série, que acaba de ser renovado para uma quinta temporada, lança Carlyle como Rumplestiltskin, também conhecido como Mr. Gold, um dos vários personagens familiares de contos de fadas que foram transportados por uma maldição para uma cidade fictícia americana no Maine chamada Storybrooke. Durante as quatro temporadas até agora, Rumplestiltskin foi inserido em outros elementos de fantasia, então o malandro que conhecemos da lenda também é efetivamente a Fera de A Bela e a Fera e o Crocodilo de Peter Pan.

“Once Upon A Time por inteiro é um fenômeno agora”, admite Carlyle. “Há um tipo de comunidade [de fãs] que se reuniu, e a noção de A Bela e a Fera é uma grande coisa para eles – que qualquer pessoa é capaz de amar e ser amado. Eles levantam a bandeira do relacionamento Rumplestiltskin/Belle na série. Eles absolutamente amam esse casal e dão muito apoio. Eu nunca vi nada parecido.”

“Outro dia eu fui na colação de grau da Escola de Arte de Glasgow e, quando eu estava saindo, duas meninas pequenas que tinham cerca de oito anos de idade vieram tirar uma foto comigo e com o pai. Essas meninas não conhecem Trainspotting [famoso filme que Robert fez em 1996] ou qualquer uma dessas coisas. Elas conhecem Rumplestiltskin. Então, essa série tem me apresentado a um novo público que, através do Twitter, falam, ‘Oh, eu assisti Ravenous [filme que Robert fez em 1999]’ ou ‘Eu assisti Face [filme que Robert fez em 1997]’. E eu penso, ‘Oh meu Deus, eles estão passando por todo o catálogo do meu trabalho.’ Eles falam sobre coisas tipo Hamish Macbeth [série que Robert fez no período 95-97], coisas que estavam na TV quando eles nem eram nascidos. Mas eles adoram, e eu sou grato por isso.”

Leia a entrevista completa clicando aqui.
Tradução e adaptação: Once Upon a Time Brasil – Não reproduza sem os créditos!



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral