Próximo Episódio...
7x05 - “Greenbacks”
jorge postou isto no dia 09 de maio de 2016.

Sean Maguire deu entrevistas ao EW e Variety contando tudo sobre o episódio 5×21, a relação de Robin e Regina e o destino fatal de Robin. Leia as entrevistas abaixo:

Entertainment Weekly

Once Upon a Time deu adeus para um dos personagem favorito dos fãs na noite passada em um sacrifício doloroso que irá repercutir no próximo episódio final da série que terá duas horas de duração.

Depois de voltar do submundo, os heróis tiveram que enfrentar Hades (Greg Germann), que tinha como objetivo governar Storybrooke com Zelena (Rebecca Mader) ao seu lado. Para solidificar a sua posição, Hades planejava matar Regina usando o Cristal Olímpico – não lhe dando a chance de ir para lugar nenhum após sua morte, nem mesmo para o Submundo –  mas foi Robin (Sean Maguire) que pulou na frente dela, sacrificando-se e deixando para trás seus dois filhos, Roland e a bebê Robin. É verdade. Robin Hood está morto, e a EW pode confirmar que Maguire não é mais um ator nem personagem regular na série. Nós conversamos com Maguire para saber sua reação em relação a tudo isso. Confira abaixo:

Entertainment Weekly: Quando você descobriu que Robin iria morrer e isto foi uma decisão mútua?

Sean Maguire: Não, eu descobri em janeiro. Os escritores me ligaram e me disseram quais eram seus planos. Eu disse: “Ok,” e temos seguido a partir disso. Foi uma decisão tomada por Adam [Horowitz] e Eddy [Kitsis], então eu não quero falar em nome deles. Eles me contaram certas coisas que eles têm em mente para o futuro da série e há uma razão pela qual eles sentiram que este era o fim para Robin.

Entertainment Weekly: Então nos conte como foi a conversa entre você e Lana ao discutir a sua saída.

Sean Maguire: Obviamente, temos uma grande parceria de trabalho, e nós amamos trabalhar juntos. É triste. Estamos cientes de que os fãs da série, pelo menos, uma grande parte dos fãs da série, apoiaram muito Robin e Regina juntos, portanto, sabia que ia ser difícil para eles lidar com este destino final. Isso é algo que nenhum de nós gostamos – deixar  os fãs tristes – a menos que seja para torná-los realmente felizes de novo. Pessoalmente, eu me sinto responsável pelos fãs; é algo que eu sempre levei muito a sério e tentei ser dedicado a eles. É difícil para eles. Para mim, como ator, isso significa que eu estou livre para assumir um novo projeto, o que é emocionante. E se for algo como Once foi para mim, então tenho certeza que será uma experiência incrível.

Entertainment Weekly: Como foi o seu último dia no set de gravações? Que cena vocês estavam filmando?

Sean Maguire: Nós filmamos a cena em que Robin diz a Regina: “Você é o meu futuro.” Essa foi a última cena que eu realmente filmei. Foi muito emocionante. Depois que terminamos de filmar, Lana e eu nos demos um abraço e choramos. Me despedir de toda a equipe da série foi algo extremamente emocionante, porque eu me apeguei muito a todos. Eles gentilmente me aturaram durante os últimos três anos e o meu jeito brincalhão de sempre estar fazendo algumas piadas. Foi triste. Raramente nesses meus 35 anos me apeguei tanto a um elenco e equipe como aconteceu em OUAT. Foi uma despedida emocionante. Estas são as amizades que eu quero ter para sempre, eu acho. Há muito o que comemorar, mesmo que seja triste.

Entertainment Weekly: Robin aparecerá na season finale da série? Ou você espera que ele volte no futuro, de alguma forma?

Sean Maguire: Estamos falando de Once Upon a Time, por isso, se existe uma série que você nunca poderia prever o que vai acontecer, seria nesta série. No que diz respeito aos spoilers e o que está por vir, eu vou deixar que Adam e Eddy falem sobre isso, porque eu sei que eles têm as suas razões para fazer as coisas da forma que fazem e o que eles liberam, quando e porquê.

Entertainment Weekly: A série sempre foi sobre esperança, mas agora Regina já perdeu dois amores. Como você acha que tudo isso irá afetá-la?

Sean Maguire: Sendo honesto? Eu não faço a menor ideia. O que eu tenho visto nas redes sociais é que, pelo fato de Adam e Eddy sempre terem dito que a série sempre foi sobre ter esperança e Regina sendo uma das personagens mais amadas da série, os fãs sentem como se tivessem sido iludidos e que mentiram para eles. É claro que tudo isso é muito triste para os fãs, mas também acho que Adam e Eddy falariam que essa também é uma série dramática e que ainda estamos no meio da história toda e eles têm suas razões para fazer tudo o que fazem. Eles são pessoas muito inteligentes, eu tenho certeza que eles sabem o que estão fazendo.

Entertainment Weekly: Ter tido o seu personagem morto de uma forma em que não há vida após a morte ou Submundo, portanto as chances de retornar são quase nulas, dói um pouco mais, considerando que Robin passou meia temporada no submundo tentando ressuscitar alguém? 

Sean Maguire: Sim, eu acho que sim. Para mim, o meu trabalho como ator é servir o que está sendo pedido. É isso aí. Não é uma coisa colaborativa onde discutimos coisas. Adam e Eddy são os arquitetos de Once Upon a Time. Eu, como ator, cumpro com as minhas responsabilidades para servir os escritores. Isso é sempre o que vou fazer ao pé da letra. Sim, pelo que eu li nas redes sociais, as pessoas que assistiram a série ontem à noite, falaram algo do tipo, “Eu não entendo isso, você disse que eles eram almas gêmeas, você disse que a tatuagem de leão, e todas essas coisas nos deram uma alusão de uma história que no fundo nunca vimos.” Eu acho que parte do público se sentiu um pouco enganado, como se estivessem sendo prometido por algo que estava por vir, mas nunca veio. Mais uma vez, não cabe a mim comentar sobre o porquê ou como; meu trabalho é apenas para servir o que me foi escrito. Isso é o que eu sempre tentei fazer, dar o melhor de minha capacidade.

Entertainment Weekly: Como ator, você acha que a história de Robin realmente foi concluída?

Sean Maguire: Não, eu realmente não sentia que a história estava concluída. Eu senti que havia muito mais coisas interessantes para serem exploradas. Eu entendo por que alguns dos fãs se sentem enganados ou decepcionado. Mas, para mim, pessoalmente, três anos em uma série é quase como que uma das mais longas que eu já participei. Eu estou sempre fazendo coisas mais breves e eu venho fazendo isso há muito tempo. De certa forma, eu estou animado. Se é um personagem que não vai ser realmente concretizado e realmente explorado, então, como ator, eu quero atuar; Eu quero ficar sair do banco de reserva e aturar. Para mim, ser capaz de entreter as pessoas agora novos projetos é uma perspectiva excitante. Eu sinto uma responsabilidade emocional especialmente com os fãs que se sentem decepcionados e que sentem que não receberam o que lhes foi prometido.

Entertainment Weekly: Qual é o maior desejo de Robin para o futuro de Regina agora?

Sean Maguire: Eu acho que Robin espera que alguém tome conta de seus filhos, já que eles estão órfãos. Ele espera que Regina possa ficar bem e não volte a ser perversa. Sua redenção significava muita coisa para ele, e isso é uma das coisas que eles tinham em comum. Mesmo que nunca tenhamos tido a oportunidade de explorar o lado obscuro de Robin ou aquele passado que os escritores nos disseram que seria explorado, ele gostaria que ela se mantivesse firme e como a heroína que ela se transformou e não se torne uma vilã novamente.

Entertainment Weekly: Você mencionou sobre a possibilidade de envolver-se em novos projetos. O que você fará à seguir?

Sean Maguire: Estou em discussões com alguns projetos. A primeira coisa que eu quero fazer, porém, é tirar um tempo de férias e ser pai por um tempo. Muitas coisas aconteceram ao longo dos últimos seis meses ou mais, então eu gostaria de descansar um pouco. Eu já estou falando com algumas pessoas sobre os meus planos futuros e são perspectivas muito interessantes.

Entertainment Weekly: O que você gostaria de falar aos fãs da série e principalmente, aos fãs de Robin Hood?

Sean Maguire: Eu tenho estado um pouco ausente nas redes sociais para promover a Fundação Robin Hood, que é uma noite de gala de caridade que acontecerá nesta noite de segunda, para livrar New York da pobreza. Mas hoje eu só disse obrigado a todos os fãs ao redor do mundo por seu amor, o seu apoio, e suas mensagens amáveis e da maneira como eles me acolheram ao longo dos últimos três anos. O que Robin significou para tantas pessoas é emocionante para mim. Os fãs têm sido sempre a parte mais importante desta série e a experiência que eu tive. Eu vou continuar a estar lá para eles através das redes sociais e eu ainda vou atender algumas convenções e espero poder conhecer muitos deles. Na verdade, conhecer os fãs através de convenções me fizeram ver que tipo de impacto essa série tem na vida das pessoas. É realmente algo que lhes toca muito o coração. Algumas pessoas podem dizer que é apenas um programa de TV, mas para muita gente, vai muito além disso. Eu quero continuar a estar lá para eles e a encontrá-los em convenções. Eu espero que eles continuem assistindo a série e apoiando meus adoráveis colegas de elenco.

Via

Variety

O episódio mais recente do drama da ABC, “Once Upon a Time” acumulou uma contagem de corpos consideravel, deixando Robin Hood, Hades e Rei Arthur mortos ao fim do episódio – e a morte de Robin em especial significou que ele teve de sacrificar-se para proteger seu verdadeiro amor, Regina, minutos depois dos dois compartilharem as suas esperanças para um futuro brilhante juntos. Os criadores da série, Adam Horowitz e Eddy Kitsis, realmente não medem esforços quando se trata de matar personagens queridos, mas podemos dizer que o episódio conseguiu oferecer ao menos uma pontinha de esperança em meio à escuridão com Hook de forma inesperada sendo trazido de volta à vida por Zeus após o antigo pirata ajudar a derrotar Hades, permitindo assim que ele e Emma se reencontrassem mais uma vez em Storybrooke.

Já Regina e sua irmã Zelena ambas perderam os homens que amavam, e enquanto parece que Zelena virou a página definitivamente e se transformou em uma pessoa melhor, graças a fé de sua irmã nela, continuamos sem saber se o que essa perda causará em Regina, se ela será capaz de manter-se boa e se será capaz de lidar com a perda de mais um amor e uma promessa de futuro feliz, já que assim como Daniel, ela perdeu Robin para sempre. A Variety conversou com o recém dispensado membro do cast, Sean Maguire, sobre a morte de seu personagem e sobre a sua saída da série.

Quando foi que você descobriu sobre o destino de Robin?

Em janeiro. Demorei um tempo para processar tudo isso porque eu fiquei um pouco chocado já que eu tinha acabado de me tornar um personagem/ator regular na série e havia acabado de me mudar para Vancouver com a minha família por conta disso, mas este foi um plano que Adam e Eddy acabaram bolando e o meu trabalho como ator é servir aos criadores e escritores da série, fazer o que me foi designado e é isso o que eu tenho feito da melhor forma possível.

O que você acha que a morte de Robin irá significar na vida de Regina? Ela tem esperado por tanto tempo para finalmente encontrar o amor verdadeiro e já perdeu tantas coisas ao longo dos anos.

Sinceramente eu não faço a menor ideia. Eu geralmente evito especular muito sobre a série porque algumas pessoas acham que eu tenho alguma noção sobre o futuro da série, mas a verdade é que eu não sei de nada sobre o futuro dos personagens e qual será o futuro deles daqui em diante, até porque agora que o meu envolvimento com a série terminou, eu posso focar no meu futuro, nos meus projetos à seguir e na minha próxima aventura. Eu realmente não parei para especular sobre o futuro dos outros personagens. Acho que este é um trabalho para Adam e Eddy, de qualquer forma.

Com todos flashbacks que temos na série e também os outros mundos e tudo mais, até mesmo quando uma pessoa morre isso não significa necessariamente que a pessoa se foi para sempre – você acha que algum dia veremos Robin Hood novamente?

É verdade, em Once Upon a Time, a morte às vezes pode significar apenas o começo de algo novo. Mas eu sinto que nesse caso em particular, parece que, pela escrita, a morte de Robin foi algo definitivo. Eu acho que eles quiseram esclarecer que o fato deles terem conseguido salvar Hook e trazê-lo de volta a vida, não significa que todo mundo que morre terá a mesma chance. E sabe, inicialmente era para Robin ter durado apenas cinco episódios e eu acabei ficando por três anos na série e eu amei cada segundo disso. Quando eu sai de “Scott & Bailey”, um pouco antes de eu entrar para essa série, eu lembro que pensei, “isso é triste, eu vou sentir falta desses atores,” e eu não sabia para que série eu iria a seguir e aconteceu de ser OUAT, o que acabou se tornando um dos meus trabalhos favoritos da minha carreira. Justamente por causa do elenco, que é extraordinariamente incrível e amável – então foi uma experiência maravilhosa.

Como foi o seu último dia no set de gravações?

Foi um pouco triste e sombrio; nós filmamos umas cenas que eram bastante triste. Filmamos aquela última cena de Robin e Regina no túnel onde ele disse que ela era seu futuro e essas coisas, e quando terminamos, a equipe estava muito quieta e Lana (Parrilla) e eu nós demos um abraço e nos emocionamos e foi um pouco difícil. Mas nós continuamos amigos então vamos continuar nos vendo e saindo, foi apenas o fim de Robin e Regina.

O que você espera que o legado de Robin tenha deixado na série?

Eu não sei. Eu tentei me manter de fora disso, mas eu acabei dando uma olhada nas redes sociais esta manhã e a reação dos fãs foi bastante emocionante porque eles não queriam que Robin morresse ou deixasse Regina, ou que Regina merecia algo melhor do que perder mais um amor, então eu não sei. Eu não tenho certeza do que os rapazes planejaram com tudo isso; eu tenho certeza que eles têm um bom plano em mente para fazer com que os telespectadores da série se mantenham acreditando não valores da série que é a esperança e a redenção das pessoas, mas esta é mais uma pergunta para Adam e Eddy responderem.

Você conseguiu guardar alguma coisa de recordação do set?

Não. Na verdade eu não consegui. Eu acho que Colin (O’Donoghue) irá conseguir com eles a minha cadeira e me devolverá, eu acabei esquecendo de pega-la no último dia. Mas eu estou neste ramo há 35 anos então eu acabei ficando menos nostálgico em relação a isso com o passar dos anos e ficando mais prático. Mas o que eu certamente quero manter comigo são as amizades que fiz na série e eles são muito especiais.

Qual foi a cena ou momento que te deixou mais orgulhoso?

O episódio em que eles meio que deram a Robin Hood um episódio centrado somente nele e em seu passado, foi legal poder ter 42 minutos para mostrar as pessoas um pouco de sua história. Uma das únicas coisas que foram especialmente difíceis é que eles nunca deram muito espaço ao personagem de explorar tudo o que havia sido prometido. É aí que entram outros projetos, você se reúne com os escritores e pergunta “qual é o plano? eu gostaria de saber o que vocês pretendem,” mas isso é algo muito difícil porque as vezes nem mesmo os escritores sabem para onde eles planejam ir a seguir.

Você já tem algum projeto em mente ou em progresso?

Tenho alguns projetos em mente mas não por enquanto não posso dizer muito sobre isso porque ainda não estou certo do que farei a seguir. Por enquanto, eu vou aproveitar um pouco o meu tempo livre e dar atenção ao meu filho pequeno e descansar. Depois voltarei a pensar sobre tudo isso.

Você planeja continuar morando por aqui ou pretende voltar para o seu país de origem, o Reino Unido?

Pois então, há duas opções e ambos vão em direções totalmente opostas, então depende das decisões que eu tomarei. Poderia ser ambos, há muito o que trabalhar com relação a estes dois projetos atuais que estão sob a mesa, mas pode deixar que eu contarei assim que tomar a minha decisão [Risos].

Via

Tradução e adaptação: Once Upon a Time Brasil – Não reproduza sem os créditos!

 



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral