Próximo Episódio...
6x05 - “Street Rats”
jorge postou isto no dia 21 de março de 2015.

Agora que Regina (Lana Parrilla) se infiltrou nas Rainhas das Trevas, ela vai enfrentar a possibilidade muito real de ser seduzida de volta para o lado negro. “Se Regina vai voltar a ser da escuridão é realmente a questão”, diz Parrilla à EW. “Ela tem o potencial? Sim. Emma [Jennifer Morrison] tem o potencial. É como um alcoólatra que está sem beber por seis meses a um ano. Talvez ela consiga se manter com estas mulheres. Eu acho que ela vai tentar o seu melhor para não passar para o lado escuro novamente. Ela vai tentar muito.”

Buscando rastrear o autor, as Rainhas das Trevas tem agora com Pinóquio (Eion Bailey) uma tentativa de arrancar-lhe informações, o que elas vão fazer por qualquer meio necessário. “Elas vão torturá-lo tanto quanto for possível”, Parrilla brinca. “Elas vão o tão longe for possível possível para conseguir o que querem. Isso é sempre o que os vilões fazem. Elas estão trabalhando lado a lado com Gold [Robert Carlyle], então eles têm uma equipe poderosa.”

Mas, alinhando-se com as Rainhas das Trevas, mesmo sob falsos pretextos, Regina está se colocando diretamente na linha de fogo. “Ela está tendo uma grande chance aqui, especialmente com a sua vida”, diz Parrilla. “É pena. Ela está tentando encontrar este Autor e agora ela tem que ajudar Snow e proteger esse segredo e ajudar a salvar Emma de se tornar das trevas. Isso é realmente do que se trata, proteger Emma. Ela está sacrificando-se em alguns aspectos, mas isso está em pé de igualdade para Regina.”

Infelizmente, torturar August é insignificante em comparação com o que as Rainhas das Trevas têm preparado para a seguir. Parece cada vez mais que elãs vão voltar seus olhos para corromper Emma. Poderia este ser o momento que Regina percebe que este plano já foi longe demais?

Parrilla, é claro, é discreta. “Emma vai parar Regina antes de isso ir longe demais”, diz ela. “Isso é o que elas acabam fazendo uma pela outra muitas vezes. Regina chega tipo ‘Confie em mim, eu sei o que estou fazendo. Temos que jogar pelas regras delas’. Não é assim que Emma vê as coisas.

“Regina vai levar isso até onde ela pode, eventualmente, sem atravessar seus próprios limites”, ela continua. “Regina chegou a um acordo com ambos os lados dela. O fato de que ela era aquele personagem vilão e ainda possui essa escuridão, ela pode usar isso para sua vantagem. Ela está trabalhando ambos os lados. Ela vai tentar o seu melhor para não ser puxada para dentro da escuridão, mas isso é uma parte dela, e é uma parte que ela vai aprender a usar de uma forma que ela nunca usou antes.”

Parece que não vai demorar muito para que o seu plano de entrar o Autor se concretize; em breve iremos conhecer o misterioso homem capaz de mudar tudo. “Você vai ter um vislumbre dele antes de conhecer sua identidade como o Autor. É uma revelação divertida”, diz Parrilla. “Ele é muito inesperado. Você não pode adivinhar quem é o Autor. Ele é despretensioso. Você vai vê-lo e conhecê-lo primeiro, sem saber que ele é o Autor.”

Fora de seus deveres como uma agente dupla, Regina vai encontrar-se em uma nova missão após temer que algo está errado com Robin Hood (Sean Maguire), que deixou Storybrooke com sua família no final da midseason. “Regina tem um sonho que a assusta”, diz ela. “É como se seu subconsciente esteja tentando lhe dizer alguma coisa. É quase como se ela tem uma premonição em um sonho. Ela acorda e, instintivamente, parece que algo está errado e ela fica preocupada com Robin Hood. Você vai vê-la dar o próximo passo para se certificar de que ele está seguro, e se não, o que está acontecendo e o que precisa ser feito para ajudá-lo”.

Naturalmente, Parrilla é discreta para dizer se isso significa que Regina vai deixar Storybrooke para buscar Robin Hood. Mas ela acalmou um pouco os temores dos fãs de OUAT sobre se Robin Hood é realmente o homem fadado a ser a alma gêmea de Regina. Isso é realmente o amor verdadeiro? “Acho que sim. Isso é pelo menos o que eu tenho dito, e isso é o que a história vem dizendo há algum tempo. Mas quem sabe; talvez ele não é “, diz ela. “Talvez haja alguém lá fora.”

Via

Tradução: OUATBR – Não reproduza sem os créditos!



Comentários



Design: Isabella Sivic | Programação: Danielle Cabral